terça-feira, 17 de julho de 2007

Fettuccine com Pasta de Abacate, Ricotta e Nozes



Quem teve oportunidade de há uns dias atrás ler o meu post sobre Guacamole estará por esta altura a pensar que já me rendi a esta fantástica fruta que é o Abacate.

Confesso... confesso que me está a dar um grande prazer redescobrir este fruto que, como já tive oportunidade de partilhar convosco, não me dizia grande coisa.

Depois do post de Guacamole, em conversa com amigos e colegas apercebi-me que quase todos têm uma palavra a dizer sobre o assunto...
Li e reli com muita atenção os vossos comentários sobre o vosso gosto (ou não) deste fruto e sobre a forma como o degustam. Apercebi-me que no caso de muitos este fruto faz parte das vossas memórias de infância e isso fez-me lembrar do bolo de iogurte com que quase todos tiveram a oportunidade de "privar" com a excepção da minha pessoa. :)

Dois dias depois de ter gasto o abacate que praticamente "jazia" no meu frigorífico à espera de uma oportunidade voltei ao supermercado, e quase inconscientemente dei por mim na bancada da fruta a esticar o braço e a pegar em mais dois exemplares deste fruto. Com um sorriso disfarçado :) coloquei-os no carrinho e lá vim eu para casa "feliz e contente" a pensar no que é que iria descortinar para cozinhá-los (sim, porque infelizmente a minha posição quanto aos abacates crus mantém-se!)

Lembrei-me que numa dessas conversas com uma amiga sobre este tema, a mesma me disse que a mãe costumava fazê-los esmagados com açucar, limão e no final adicionava nozes picadas.
Fiquei a matutar nesta mistura de sabores até hoje, altura em que entrei na cozinha para a preparação de mais uma refeição rápida e que convinha que fosse saudável.

Eu posso ser suspeita por dizer mais uma vez que esta receita é fantástica :), por isso desafio-os a comprovarem por vocês mesmos...

Só mais um coisinha, esta receita é super simples e muito fácil de fazer de tal forma que pode ser confeccionada por quem não tenha praticamente nenhuma aptidão para a cozinha!
Pronto...já sei... não foi só uma coisinha, foram várias... Posh! ;)



Receita para 2 Pessoas

. Fettuccine (quantidade a gosto, aqui em casa significa muuuiiito) . 1 Abacate maduro . 3 c. de sopa de Ricotta (tenho a certeza que também fica bom com queijo creme) . 1 dente de Alho . 1/2 Cebola . Sumo de 1 Limão . Azeite . Sal grosso (para a massa) e refinado (para a pasta de abacate) . Pimenta de moinho . Miolo de Nozes (1 mão cheia) . Salsa Picada


Coloque a massa a cozer em bastante água com sal grosso e um fio de zeite e retire-a quando estiver "al dente" (para isso diga as instruções da embalagem mas retire um ou dois minutos antes do tempo indicado). Coe, passe rapidamente por água fria (para parar a cozedura) e reserve.

Enquanto a massa coze, pegue no processador (varinha mágica, 1,2,3, ou o que tiver para triturar alimentos) e pique as nozes até obter pedacinhos bem pequenos. Retire e reserve.

Coloque no processador o abacate cortado em pedaços, o dente de alho, a cebola cortada em pedaços e o queijo e triture tudo até obter uma pasta bem cremosa. Tempere com o sal refinado, a pimenta moída na hora e o sumo do limão e volte a ligar o processador apenas o tempo suficiente para misturar bem os temperos ou se preferir mexa apenas. Por último adicione as nozes picadas deixando de lado os pedaços maiores para decorar.

Entretanto coloque num tacho (utilizei o mesmo onde cozi a massa) um fio de azeite generoso e leve ao lume apenas o tempo suficiente para o aquecer ligeiramente. Retire o tacho do lume e deite a pasta de abacate directamente no azeite do tacho mexendo imediatamente e adicione a massa envolvendo-a na pasta com cuidado.

Distribua a massa pelos pratos e polvilhe com pedaços de nozes e salsa picada. Sirva de imediato ainda quente.

18 comentários:

Elvira disse...

Nas minhas recordações de infância, abacate é sempre recheado com camarão cozido e molho cocktail. Entretanto, descobri montes de maneiras para cozinhar este fruto.

É engraçado de ver que no Brasil ou a África, é quase sempre associado com açúcar, ao contrário da Europa.

Adorei esta receita.

O Cravo da Índia disse...

Eu também ando numa fase de descoberta das potencialidades do abacate. Não era coisa de grande tradição na minha cozinha.
Gostei muito da receita, acho uma ideia óptima!

Dinha disse...

Muito diferente este Fettuccine. Como podemos criar tantas coisas com o abacate, a única maneira em que eu utilizo desta "fruta" (até então era como eu a conhecia)é uma bela vitamina, batida com leite e açúcar com bastante gelo.
Abraços.

Silvia Arruda disse...

Nossa, que delícia deve ser essa massa! Já anotei a receita!!

Natércia disse...

Joaninha mas que delicia você me mata com suas coisas tão deliciosas.um bjs Natércia...

Verena disse...

Joaninha, que descoberta maravilhosa!!! Abacate com nozes e pasta!!! Hummmmmm, tudo de bom!
Parabéns!

www.mangiachetefabene.wordpress.com

Goretti disse...

Adoreu essa receita. Na minha infância, lembro-me de partir o abacate ao meio, tirar aquela gd semente, pôr um pouquinho de açucar, mexer bem e comer à colher.
Já mais crescidinha, o açucar era substituído por vinho do Porto...

Marcel Miwa & Nina Moori disse...

Adorei a idéia de usar o abacate no molho da pasta. Quando eu era criança só comia abacate com açúcar ou mel (ou em vitaminas), conheci outras formas de consumir esta fruta na casa de amigos chilenos (na salada). bjo, Nina.

fatima disse...

Ai, que também eu tenho de conhecer melhor o nosso "amigo" abacate...
Mas que aventureira, Joaninha!!
E pelos vistos valeu a pena, não é?
:)

Célia disse...

Joaninha tu és a mulher das ideias, como sempre magnifico fica bem beijinhos.

Carla disse...

Eu não aprecio abacate mas estou a aprender a gostar... Esta receita parece-me deliciosa! Continua com as boas receitas Joaninha!

bjs

Cláudia A. disse...

Como boa brasileira costumo consumir abacate em preparações doces como cremes e vitaminas. Gosto de guacamole mas usar abacate na massa é uma novidade que eu vou testar. Beijo Joaninha.

Alessander Guerra disse...

Joaninha gosto muito de abacate, aqui no Brasil temos aos montes. Tem uma receita pra uma batida que é uma bomba calórica mas deliciosa. Bater o abacate com o leite e jogar uma colher bem cheia de Leite Ninho (não sei se tem em Portugal é um leite em pó adocicado que dá-se muito às crianças) e aí é só pegar aos pouquinhos o leite em pó com o suco do abacate.

Passe lá pelo Cuecas na Cozinha que estou falando do delicioso Serra da Estrela

Até
Alessander Guerra

colher-de-pau disse...

Também gostei muito desta receita!
Já a estou a copiar para experimentar um dia destes!
é muito engraçado descobrir as potencialidades dos alimentos!

fezoca disse...

Joaninha, que receita FANTASTICA! tah anotada, porque vou fazer, ah se vou!

pra mim abacate sempre foi uma fruta para ser comida com acucar, mas minha mudanca para a America do Norte mudou minha visao determinista e hoje nao vejo nada de estranho com os pratos salgados contendo abacate.

um beijo grande para voce e Mr. Lindao Haruki! ;-)

Camila L disse...

Ai, q idéia diferente... mas confesso minhas ressalvas com a pasta de abacate... será q iria gostar? só experimentando mesmo!

Eliana Scaramal disse...

Que diferente?! Porém eu gostei muitissimo!! A foto linda!!

DomPaulo disse...

Delicioso Joaninha! Deve ser de comer e chorar por mais.